skip to Main Content
Fulfillment em marketplaces.

Fulfillment em marketplaces: como funciona?

Você sabia que o fullfilment em marketplaces é uma tendência? Cada vez mais, os canais de vendas competem entre si para conquistar o consumidor por meio da velocidade de entrega. Dessa forma, o fulfillment é uma prática que ajuda muito nessa questão e, se você vende em um site que trabalha com essa estratégia, pode aproveitar para trazer essa praticidade para a sua gestão.

Hoje, vamos te explicar o que é o fulfillment, quais as vantagens e como ficam os valores de frete trabalhando dessa forma. Basta continuar a leitura e conferir!

O que é fulfillment?

Também conhecido como order fulfillment, trata-se uma operação logística do e-commerce que atua desde o seu centro de controle, em que acontece o recebimento do seu pedido, até a expedição para o envio. Quando falamos de fulfillment, olhamos para o processo completo de logística, a fim de melhorar cada detalhe para agilizar a entrega e construir uma experiência para o consumidor.

As vantagens do fulfillment em marketplaces

Alguns canais de marketplace oferecem uma estrutura em que o trabalho do lojista é resumido em fornecer os produtos e vender! Toda operação logística de envio e de emissão de notas, fica por conta do canal de vendas.

Dependendo da localização da sede de cada lojista, isso pode triplicar as vendas. Se você está próximo de um centro de distribuição do marketplace, ganha uma maior facilidade de envios, além de maior visibilidade. Um exemplo disso é o Mercado Livre, site no qual o anúncio ganha uma sinalização de que funciona com fulfillment.

Anúncio do Mercado Livre com entrega full.
Além de deixar claro a entrega fulfillment, esta notificação atrai o usuário para seu produto.

Além disso, o Mercado Livre disponibiliza a opção de filtrar artigos com entrega full. No caso desse marketplace, esta marcação é uma chamariz bem forte: eles aproveitam para dizer ao consumidor que o full significa economia no frete, e você, lojista, sabe o quanto o envio barato faz diferença na mente do consumidor.

Exemplo de ordem de anúncios full no Mercado Livre.
O full é um grande atrativo no Mercado Livre.

Não só no Mercado Livre, mas em qualquer marketplace, essa operação é ótima para o seu negócio. Ela afeta diretamente a reputação de sua loja quanto ao custo de sua operação. A seguir, vamos falar um pouco mais sobre esse custo.

O impacto financeiro do fulfillment em marketplaces

O crescimento do full vem sendo percebido. Em 2020, a Amazon anunciou a construção de mais três centros de distribuição: em Betim – MG, no Distrito Federal, e em Santa Maria – RS. Com mais esses, a Amazon chega ao total de 8 pelo Brasil.

Existem regras especificas para vender no fulfillment em alguns marketplaces. Os canais de vendas, no geral, cobram que seja enviado um produto de alto giro (produto parado no CD por dois meses possui taxas por armazenagem).

Lojistas MEI têm dificuldades de aprovação no programa do fulfillment, pois alguns marketplaces impõe um faturamento mínimo em sua conta (entre 10 à 15 mil, dependendo do canal). Além disso, uma certa demora foi percebida na aprovação para o full de sellers que não moram em São Paulo. Fica até uma dica: procure enviar repetidas vezes (uma vez por semana) seu cadastro de aprovação.

Mulher preparando seu e-commerce para começar a vender.
Existem regras para conseguir vender seus produtos no modelo fulfillment.

A cobrança de frete ou devolução no full é algo inevitável, assim como na operação normal do e-commerce também é. Mas, nos casos do programa, é necessária uma atenção maior. Quando esses processos acontecem no modelo full, o custo da cobrança, para o lojista, é sempre maior do que ele pagou para fazer o envio do produto.

Como vender em fulfillment sem prejuízo?

Para se salvar de cobranças altas e indevidas de frete trabalhando com fulfillment nos marketplaces, é importante ter uma boa gestão financeira e comparar valores do frete. Você precisará sempre ter uma estratégia para o controle do motivo dessa devolução, além da verificação do produto para analisar possíveis defeitos.

É válido lembrar, ainda, que a comissão de estorno é cobrada mesmo após uma venda ser cancelada posteriormente. A conciliação dos estornos é importante para entender se os cancelamentos são devidos ou se ocorreu um engano. Por exemplo: você enviou o produto, o consumidor por algum motivo abriu uma reclamação, e o marketplace cancelou a venda.

Uma ferramenta de conciliação automática ajudará a ter visão desses problemas e a prevenir que seu dinheiro seja perdido em cobranças indevidas. Dentro do Koncili, você confere relatórios completos e indicadores sobre cada venda, de forma a entender todas as cobranças e tudo o que pode ser corrigido na sua operação.

Gostaria de ter essa praticidade no seu dia a dia? É simples! Basta clicar na imagem abaixo e solicitar uma demonstração com os especialistas do Koncili!

Clique e acesse o site do Koncili.Sobre o autor

Carlos Margraf Neto é analista de pré-vendas no Koncili.

Back To Top
Abrir o Chat!
Precisa de ajuda?
Olá!
Como podemos te ajudar?